01 março, 2018

PEÇAS PARA QUATRO MÃOS

Há que ter algum cuidado quando se fala em manipulação. Há manipulador e há manipulado, sim. Mas também é preciso perceber as situações em que o manipulado o deseja ser. Nem sempre o manipulado é levado a pensar o que o manipulador quer que ele pense. O que pode antes acontecer é o manipulador dizer o que o manipulado quer ouvir, significando isto que também este tem mãos [manus] que moldam o discurso do manipulador propriamente dito, sendo, por isso, à sua maneira, igualmente manipulador.