27 fevereiro, 2018

DESCIDAS


Dizem os neurocientistas que o cérebro de um adolescente é como um carro com o motor acelerado e falhas nos travões. Salvo fleumáticas excepções, o dos adultos também. E por estradas, como diria Kant, repletas de inclinações.