26 março, 2016

LIGAÇÕES PERIGOSAS

Martin Chambi | Cuzco, Peru, 1930

Se um jovem da nobreza rouba umas jóias, o acto é atribuído a uma cleptomania e fala-se dele com um filosófico sorriso, sem que passe pela cabeça de ninguém enviá-lo para uma casa de correcção, como se faria com uma criança esfarrapada que tivesse roubado uns nabos. George Eliot, Middlemarch

Isto foi escrito em pleno século XIX e deste então o mundo mudou e mais ainda mudou desde que Camões cegou de um olho, o qual lhe fez muita falta, pois compreende-se melhor o mundo com os dois olhos do que apenas com um, ainda que se sendo rei em terra de cegos. Ao contrário do que versejou o poeta, se se mudam os tempos nem sempre as vontades lhes fazem a vontade, assim como o ser e a confiança, sem esquecer ainda o facto de as qualidades e os defeitos dificilmente serem novos. Ainda assim, como diria o outro, é preciso mudar alguma coisa para que tudo fique na mesma. Isto está tudo ligado, é o que é.