13 março, 2014

EXAME CLÍNICO

Christine de Grancy | Terminal de autocarros em Kstovo, Inverno de 1996

Dizia Platão que a vida não examinada não merece ser vivida. Seja em casa de Polemarco, no ginásio, num banquete à volta de uma mesa ou no cárcere onde Sócrates viria a morrer, examinar a vida pode ser um exercício interessante. Mas confessemos: é quando se deixa de perceber por que merece a vida ser vivida que passa a valer mesmo a pena examiná-la.