10 novembro, 2013

TENHO RAZÃO, NÃO TINHA?


"Não concordo com os que consideram os nazis doentes ou loucos literalmente falando, e penso antes que são pessoas que se enganam perversamente quanto aos factos e os distorcem, quando acreditam, por exemplo, que certos seres humanos são sub-humanos, ou que a raça é o factor decisivo, ou que só as raças nórdicas são verdadeiramente criadoras, e assim por diante. Sou capaz de ver de que modo, por meio de uma dose suficiente de instrução falsa, de uma dose suficiente de ilusão e de erro, os homens podem, embora continuando a ser homens, acreditar em coisas semelhantes e cometer os crimes mais inqualificáveis". Isaiah Berlin, O Meu Itinerário Intelectual

Ainda a propósito da Noite de Cristal. Há quem possa ficar chocado com esta passagem pelo facto de se considerarem os nazis normais, pessoas que apenas se enganam nas suas crenças e convicções. A mim, o que me choca, é o facto de ser absolutamente verdadeiro. Se há coisa normal no mundo é precisamente gente a enganar-se nas suas crenças e convicções.