03 dezembro, 2011

GONÇALO M. TAVARES - UMA VIAGEM À ÍNDIA (V)



O certo é que Bloom adormeceu sonhando
que alguém por ele alisava os dias seguintes.
Cansado de ser mal recebido e traído, Bloom sonhou
que ser feliz não era um bem supérfluo,
como o são certas jóias e adereços de beleza efémera.

Canto II, 58