05 outubro, 2010

5 DE OUTUBRO


Dizia Pedro Mexia, no Público de sábado passado:
O único consolo dos monárquicos é que o último rei foi um homem decente, que podia ter sido rei de uma monarquia decente, se ainda fôssemos a tempo disso, e não fomos.


Pois.

2 comentários:

jrd disse...

Vindo de um 'aristocrata' da nova direita, convenhamos que o consolo é fraco.

José Borges disse...

Também disse que os monárquicos de então mereceram a República que tiveram.

Cá para mim, que não entendo como se pode ser monárquico, simpatizo muito com Manuel II.