07 setembro, 2010

MUTATIO

A chuva
traz uma capa furtiva,
bordada a fios de calor.
Deita-se agora no leito do vento,
enquanto a tarde começa
a dobrar os restos do Verão.

2 comentários:

jrd disse...

E vai molhando os tontos...

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Magnífico! Mesmo.