29 agosto, 2010

PONTEIROS FRENÉTICOS


Alguém veio parar a este blogue porque escreveu no motor de busca: "quando um relogio de ponteiro para significa que o dono vai morrer?"

Estou seriamente a pensar transformar os ponteiros parados em ponteiros frenéticos.

5 comentários:

josé manuel chorão disse...

Estás com medo de morrer?
Olha que mais vale uma vida curta e bem vivida do que uma longa e infeliz. Qual tens tido?
Lembro-te que só morrem aqueles que nunca foram amados.Então, do que te receias?

jrd disse...

Cuidado com a duração das pilhas.

Anónimo disse...

Gosto muito do seu blog. Também cheguei aí por um acaso dos buscadores. Li em algum lugar que na sua velhice, Heidegger, o Infame, gostava de tricotar meias (peúgas) para passar o tempo. Nem precisa dizer, que nunca achei essa referência em seu blog.

José Ricardo Costa disse...

Zé, qual tenho tido? Já conversamos no Gmail...

Caro jrd, olhe, quando acabarem ficarei então à mercê da pilhagem do tempo.

Caro leitor recém-chegado, obrigado. Este blogue, por este andar, ainda se transforma na biblioteca do Borges.

JR



JR

addiragram disse...

Os seus ponteiros não se cansam de rodar.