03 julho, 2010

NEW TOWERS

Hoje de manhã, no mercado de Torres Novas, uma rapariga sentada a vender pão lia atentamente um livro. Um pouco mais à frente, uma senhora comprava legumes. Uma rapariga, certamente sua filha, lia um livro encostada a uma coluna enquanto esperava pela mãe. Por momentos cheguei a pensar que estava em Londres.

5 comentários:

Margarida disse...

Meu Deus!... Quer dizer que... há esperança?!

José Ricardo Costa disse...

Sim, Margarida. E, hoje, num café de TN, uma rapariga lia religiosamente um livro (até a mexer o açúcar no café continuava a ler) enquanto o namorado lia A Bola.
P.S. Mas será que só as mulheres lêem neste país?

addiragram disse...

Será que em Torres Novas foi colocado nos transportes públicos um anúncio onde cada um dos passageiros vai a ler um livro? Vi aqui isso, outro dia, e gostei.

José Ricardo Costa disse...

Olhe, que eu saiba não. Mas não deixa de ser caricato ver jovens universitários fazerem longas viagens de comboio, tendo como passatempo jogar no telemóvel.

Margarida Fernandes disse...

Quando estive em Londres reparei que no metro muito gente ocupa o tempo da viagem com a leitura.

Em Madrid sucedeu o mesmo.

Aqui no nosso país, o hábito parece que se está a "instalar"...haja esperança.