19 junho, 2010

A QUESTÃO DOS UNIVERSAIS

Se já sabemos que "Les beaux esprits se retrouvent toujours.", partilho aqui uma descoberta que fiz hoje: o mesmo acontece com "les mauvais".

Resta agora saber se, em abstracto, isso é bom ou mau.

3 comentários:

jrd disse...

E se procurar bem vai descobrir que: Les beaux et les mauvais se retrouvent aussi...

Reinaldo Amarante disse...

Estás mesmo poliglota. Agora deu-te para o Francês.
Por alguma razão "La Belle et la Bête" é o nome de um conto de fadas francês...
Andas muito enigmática.
Cuidado não te transformes numa esfinge à entrada da Escola.
E pensando bem, até nem seria mau; pelo menos algumas pessoas deixavam de lá entrar.
Já viste o que deram as tuas elucubrações?

Ivone Costa disse...

Meu muito estimado, se em alguma coisa em me ando a transformar é em nada. O que não deixa de ser bom, nada ser, nada sentir, nada querer. Não deixa de só ter vantagens. O cinturão preto deve estar no fundo de um armário, em casa dos meus pais, cheio de bolor, a desfiar-se. Perdido, como eu.