13 junho, 2010

PANÓPTICO


Estive ontem à tarde, em Torres Novas, com um amigo há muitos anos professor no Canadá e que esteve aqui de passagem. Durante a conversa calhou falar-me de um seu amigo português que vive em Atenas, na Grécia. Eu tenho uma amiga que vive há muitos anos em Atenas, onde é professora. Como não haverá muitos portugueses a viver em Atenas escrevi-lhe um mail para lhe perguntar se conhecia o amigo do meu amigo. Sim, são muito amigos e visita constante lá de casa. Por acaso, irão amanhã encontrar-se na embaixada, onde trabalha.
A minha amiga que vive na Grécia sabe agora que o seu amigo que também lá vive é amigo de um amigo do seu amigo de Torres Novas, que vive há muitos anos no Canadá.

4 comentários:

paulo,sj disse...

Teilhard de Chardin falava da noosfera... Aqui está um pequeno exemplo do que é! Grande Abraço!

addiragram disse...

Caro Ricardo,

disseram-me outro dia: cada um de nós vive, no máximo, à distância de seis pessoas de outra pessoa...E, ao que parece, isto está calculado!

Um abraço.

estela disse...

começa lá a fazer contas ao pessoal amigo que tem pessoal amigo que conhece pessoal que tem pessoal amigo em viena.

José Ricardo Costa disse...

Ah, a nós já calhou uma situação dessas! Deixa cá ver no Burundi...

JR