17 maio, 2010

NA RAZÃO INVERSA DO QUADRADO DAS DISTÂNCIAS

Partindo do princípio de que o Carlos Fiolhais não lê este blogue, haverá por aí algum físico que me explique se, sendo o coração um caçador solitário, o coração dos caçadores é, por sua vez, um caçador de solidões?

Sem comentários: