30 março, 2010

A REVELAÇÃO


Estive a ler, no livro de Joana Amaral Dias, Maníacos de Qualidade, o capítulo dedicado a D. Maria I.
A sua primeira grande manifestação de loucura foi à saída do teatro em Salvaterra de Magos, entrando num "estado de delírio furioso que se prolongou". Foi no dia 1 de Fevereiro de 1792. A evolução da sua insânia foi tal que se julgava morta e oca por dentro.
1 de Fevereiro? Julgava-se morta e oca por dentro? A mim ninguém me convence que a reacção da perturbada rainha naquele dia, mais do que uma manifestação de loucura, foi uma revelação vinda dos céus.

1 comentário:

addiragram disse...

Ainda não li.

Um abraço.