14 março, 2010

PODER

Eu bebo o café sem açúcar e sou incapaz de o beber de outra maneira. Mas entendo que haja quem despeje um pacote inteiro e tenha tanta satisfação em bebê-lo assim como eu tenho em bebê-lo sem açúcar.
Mas há pessoas que, perante aqueles que se comportam de maneira diferente, não apenas os criticam como tentam ainda alterar os seus comportamentos. O pretexto habitual é o de que a sua maneira é a melhor, a mais saudável, a mais racional, a que melhor conduz as pessoas à felicidade. Quando gente desta natureza consegue chegar a um cargo com poder é o cabo dos trabalhos.

2 comentários:

Isabel disse...

Intolerância!

jrd disse...

"Le goût des autres"