08 fevereiro, 2010

OUVIDO HOJE DE MANHÃ

Às vezes, ao passarmos na rua por duas pessoas que conversam, acontece ouvirmos um fragmento duas ou três palavras que, descontextualizadadas, não fazem qualquer sentido. Outras vezes, aquele átomo de conversa alheia é uma preciosidade.
Passava eu, então, por duas senhoras quando ouvi de uma delas: "Ele disse que não. E eu não consegui ainda perceber o que é que ele quis dizer com aquilo."
Segui o meu caminho a pensar em todos os homens que conheci, do meu avô ao meu filho. Quando eles dizem não, querem dizer que não. Passo a explicar. Quando uma mulher diz: "Tenho frio", poderá querer dizer:
1. Preciso de um casaco novo.
2. Estou farta do Inverno.
3. Caramba, o casaco daquela fulana é horrível.
4. O que me apetecia mesmo era que me desses um abraço.
5. Para o próximo ano tenho de organizar melhor a minha roupa.
6. Estes sapatos não ficam bem com este casaco.
7. Mas será que não consegues perceber que o que eu queria mesmo era deslizar contigo para debaixo dum cobertor?
Enfim, passam-me pela cabeça mais umas mil e quinhentas hipóteses com as quais não vou estar aqui a maçar os benévolos leitores.
Bem, e quando um homem diz: "Tenho frio"? Quer dizer que estão 2 graus e que não está devidamente agasalhado para as condições meteorológicas, naquele preciso momento.
Acreditem, observado e concluído ao longo de cinquenta anos de existência: o que um homem quer dizer com aquilo que diz é, exactamente, aquilo que diz.
Não se veja aqui qualquer juízo de valor depreciativo. Como qualquer mulher elegante sabe, o verdadeiro luxo está na simplicidade.

4 comentários:

Alice N. disse...

:) É mesmo assim. Tudo muito mais simples.

jrd disse...

"...o que um homem quer dizer com aquilo que diz é, exactamente, aquilo que diz."
Sff retire os políticos, sobretudo, os diplomatas.

Ana Paula Sena disse...

:) Muito interessante, a análise.

PR disse...

Cara Ivone (permita-me o tratamento), hoje adorei a sua elegância. PR