21 janeiro, 2010

AZUL


Espanta-se o jrd com este país de doutores e doutoras. Não percebo porquê. Já no século XIX dizia Almeida Garrett, nas Viagens: "Foge cão, que te fazem barão! Para onde? Se me fazem visconde!"
Os doutores e as doutoras de hoje são os barões e viscondes de outrora, feitos cada vez mais enquanto os políticos esfregam o olho. Podem não saber ler nem escrever nem ter azulado sangue. Basta o azul da tinta com que assinam o nome e respectivo título.

2 comentários:

jrd disse...

Tem razão, eu não devia espantar-me, até porque já ouvi falar dum 'barão', ex-Presidente de Conselho de Administração, que tinha no topo do currículo académico, um "mestrado em barbearia" tirado no Brasil.

jose albergaria disse...

Meu caro,
Pura inveja.
Hoje, tal como ontem, com o critico de circunstância, ao tempo de Costa Cabral, João Baptista da Silva Leitão de Almeida Garrett. Esse mesmo que, em tempo da Regeneração (1851)é feito Par do Reino e, exactamente, VISCONDE de Almeida Garrett, titulo que lher foi renovado três vezes... e por D. Pedro V!
Na "oposição" criticámos a "bondade" de certos tiques dos "possidentes".
No Governo...vou ali - que já me esqueci.
Ontem, com Garrett.
Hoje...é só escolher o figurão.
Talvez... J.P.P.
Abraço,
J.A.