31 outubro, 2009

5 FOTOGRAFIAS

1.O sangue matinal das framboesas escolhe a brancura do linho para amar.

2.A manhã cheia de brilhos e doçura debruça o rosto puro na maçã.

3.Na laranja o sol e a lua dormem de mãos dadas.

4.Cada bago de uva sabe de cor o nome dos dias todos do verão.

5.Nas romãs eu amo o repouso no coração do lume.

Eugénio de Andrade, Natureza Morta com Frutos (Ostinato Rigore - 1963-1965)

1 comentário:

marteodora disse...

Ninguém duvida disso.
Mas aposto que cada uma dessas fotografias será diferente, dependendo de cada um daqueles que ler essas linhas.
E isso, é o mais fascinante!