12 setembro, 2009

PORCOS: TODOS DIFERENTES, TODOS IGUAIS


Este sacana e eloquente filho-da-puta apelidou os americanos e ingleses de "porcos brancos". Não interessa se são americanos ou ingleses. Podiam ser portugueses, holandeses ou belgas. O que choca aqui é a ideia de "porco branco". Eu, que tenho uma capacidade de tolerância invejável, sinto-me ofendido com a possibilidade de alguém me chamar "porco branco" apenas pelo facto de ser branco e não preto como Mugabe e a maioria das pessoas que vivem em África.

É precisamente por isso que acho esta frase profundamente pedagógica. Permite-me entender muito melhor agora como se sentirá um preto sempre que é insultado por um branco apenas pelo facto de ser preto e não branco como como eu e a maior parte das pessoas que vivem na Europa.

Pena que as pessoas que exibem orgulhosamente o seu racismo sejam demasiado estúpidas para perceber isto.

7 comentários:

Nefertiti disse...

“Todos os animais são iguais, mas alguns são mais iguais do que outros.”

in O Triunfo dos Porcos, George Orwell

Mafalda disse...

Concordo em absoluto! Acho a discriminação uma posição completamente ridícula, seja porque motivo for. É intolerável e pode tomar proporções exacerbadas. Porque não poderá um homem negro ser o Presidente de uma das maiores potências mundiais? Pelo mesmo motivo que não poderá ser uma mulher ou um homossexual, dir-nos-ão os de Extrema Direita. E agora digo eu: saímos todos do mesmo sítio, porque haveríamos de ser diferentes?

Anónimo disse...

E se um estrangeiro(a) da America do sul olhasse a si com sorriso na cara simplesmente por sorrir sem malícia alguma,como reagiria?
O que pensarias na hora?
"Pois é,preconceito está em todo lado,as vezes dentro de si e simplesmente "fazes de conta" que não o sentes,até ser posta a prova."
Sei o trauma que carrego!
Sou estrangeira e infelizmente vivo esse "terror" todos os dias,olham-me com frieza,
distância,cinismo,tratam-me com palavras ofensivas quando sentem vontade,como se dentro de mim não existisse um ser humano que pensa,chora e sente dor...
Como se os anos dedicação,
educação e suor que meus pais derramaram para me educar não tivessem valor.
Como se a minha integridade,
dignidade e respeito não valesse nada.
Então,Preconceito? Só sabe quem o vive ou quem realmente se importa!

José Ricardo Costa disse...

Agradeço bastante o seu comentário. O que lhe posso dizer? Olhe, os cães ladram e a caravana passa.

Cumprimentos,

JR

Anónimo disse...

Ando a espera da caravana passar e confesso que estou a esforçar-me mas,se duvidar,arrumo as malas antes disso.

P.s:Teu blog a mim é original e acima de tudo in-te-li-gen-te.
Congratulations and good luck!

José Ricardo Costa disse...

Obrigado! Boa sorte também para si e... take it easy!

JR

Anónimo disse...

Sim,vou ter calma...sou perseverante,
podes crêr!

Thank you