06 setembro, 2009

POLÍTICA E MORAL




Ver esta palestra depois de sabermos o modo como foi libertado o autor do atentado de Lockerbie, o líbio Ali Mohmet al-Megrahi, poderá parecer chocante, levando-nos a pensar que a política é mesmo uma coisa suja. E não tenhamos ilusões: a política é mesmo uma coisa suja. Nem tenhamos a ilusão de pensar que poderia deixar de o ser. A política é gerida por critérios utilitaristas. Neste caso, fazer um negócio petrolífero com a Líbia é bom para a economia inglesa e se é bom para a economia inglesa é bom para os ingleses e se é bom para os ingleses é bom para Gordon Brown.. Libertar um assassino é moralmente mau. Mas o benefício alcançado pela sua libertação é superior ao prejuízo moral associado a essa libertação. É feio. Mas é muito útil.

1 comentário:

jl disse...

Só não entenderá ou se espantará com o que o JR diz... quem não tiver lido Maquiavel.

Na realidade a política é amoral.