02 setembro, 2009

PLURALISMO

Há quem fale, a respeito do nosso tempo, numa crise de valores. Não há qualquer crise de valores. O que há é um excesso de valores.

1 comentário:

Anónimo disse...

E é em nome desse excesso que, quem governa, governa como quer. Tudo é permitido!... O grande exemplo vem de cima! Crise... só para alguns e agora que Portugal até está a recuperar...

Só ainda não percebi de quê...