04 setembro, 2009

GUERRA E PAZ- LVII


"Vários comerciantes rodearam o oficial. - Eh, para quê tanta conversa inútil! - disse um deles, magro, de cara severa. - Quem ficou sem cabeça não lamenta o cabelo. Que levem o que quiserem!"

Não é bem assim. Eu conheço algumas pessoas que lamentariam sobretudo o cabelo. É a única coisa que lhes resta.

Sem comentários: