31 agosto, 2009

GUERRA E PAZ - LIV

"Os feridos, esperando a sua vez ao lado das tendas, rouquejavam, gemiam, choravam, gritavam, praguejavam, pediam vodca. Alguns deliravam. O príncipe Andrei, como comandante do regimento, foi levado para a frente pelos milicianos que passavam por cima dos outros feridos ainda sem ligaduras."

Pode parecer estranho mas é uma passagem como esta que ainda hoje se discute nos Estados Unidos da América a propósito do seu sistema de saúde.

1 comentário:

José Borges disse...

É por isso que estamos perante um clássico...