17 agosto, 2009

EMÍLIA FERREIRA - CARTOGRAFIA ÍNTIMA



Terminei o volume 3 de Guerra e Paz. Estou à espera de uma encomenda com o quarto e último volume e aproveitei para mudar de registo.

Comecei a ler Cartografia Íntima, um romance de Emília Ferreira (Difel, 2009). É como passar do Inverno para o Verão. Cartografia Íntima é marcado por uma escrita intimista que radiografa com uma avassaladora exactidão poética o mundo interior de várias gerações de mulheres da mesma família. Uma escrita esplendorosa, tecida com uma sensibilidade à flor da pele, atenta aos milimétricos vestígios das nossas experiências internas quase sempre apagados pelo ruído de um quotidiano que aliena o nosso direito de entrar no que temos de mais precioso: o mundo do espírito e das suas sensações, afectos, memórias e desejos.

1 comentário:

addiragram disse...

Vou aproveitar a sugestão.