20 junho, 2009

O OPOSTO DA MULHER IDEAL

Quando vinha para casa, vi uma mulher conduzindo um automóvel com o telemóvel encostado ao ouvido e um cigarro na mão colada ao volante. Eu tive, nesse momento, uma intuição absolutamente marcante. Eu não consigo saber o que é a mulher ideal. Mas descobri que a imagem de uma mulher com um telemóvel encostado ao ouvido e um cigarro na mão que conduz um automóvel é o oposto da mulher ideal.

4 comentários:

nefertiti disse...

Será que o oposto atrai o ideal?

(vê só como eu me farto de pensar! Disparates, mas penso!)

José Ricardo Costa disse...

Não acho que seja um disparate. Mas não concordo...

JR

Adília disse...

Desculpe lá, mas há qualquer coisa esquisita com o seu texto. De facto conduzir dessa maneira está longe de ser ideal, mas que é que isso tem a ver com mulher ideal ou com homem ideal, confesso que me escapa o propósito, a menos que haja aí qualquer vestigiosito de preconceito sexista. Estarei enganada?

José Ricardo Costa disse...

Sim, admito que haja aqui um preconceito sexista. Ninguém é peerfeito... :-)

JR