23 junho, 2009

JANELAS FECHADAS


Paul Wittgenstein, irmão do filósofo, perdeu o braço direito durante a guerra, em 1914. Era pianista. Mas a sua vida, enquanto, pianista não acabou ali. Foi para ele, especificamente, que Ravel, Britten ou Prokofiev, escreveram composições para a mão esquerda, sendo a mais célebre, o "Concerto para a Mão Esquerda", do primeiro.

Ora, a moral da história é muito bonita. Graças a ela podemos dizer às criancinhas e às pessoas fragilizadas: "Vêem, nunca devemos perder a esperança, por cada porta que se fecha há uma janela que se abre!"

Pois, mas, ainda assim, não me sinto convencido. Para isso, seria necessário poder compor peças para serem tocadas sem mãos.

1 comentário:

addiragram disse...

Vemos e tocamos com todos os instrumentos que a nossa "alma" e o nosso coração criam.