19 março, 2009

NOJO E ASCO



Foi hoje aprovado em Conselho de Ministros, o decreto-lei que dá a possibilidade aos professores reformados de realizarem trabalho voluntário.

É uma das medidas mais nojentas e asquerosas deste ministério nojento e asqueroso. Depois das constantes humilhações impostas à classe docente e de milhares de professores terem antecipado a reforma com graves prejuízos financeiros, muitos deles, dos melhores professores que as escolas tinham e ainda com muito ensinar, vêm propor trabalho nas escolas que aqueles já não suportavam mais.

Eu só não digo o que penso desta gente e o que mereciam porque sou professor e neste paraíso de socrática maioria absoluta não sei o que me pode acontecer e tenho ainda dois filhos para criar.

2 comentários:

Ana. disse...

É com sinceridade que lhe digo que cada vez me sinto mais aliviada por ter optado por outro rumo profissional. Para se ser professor é preciso ter uma grande coragem e resistência!
Têm toda a minha admiração.

;)

Alice N. disse...

É preciso, realmente, não ter o mínimo de vergonha e de respeito pelas pessoas! Tudo isso é demasiado abjecto e indigno.