18 março, 2009

JOHN SURMAN - EDGES OF ILLUSION

1 comentário:

jl disse...

E se eu gosto de Jazz!
Bom saxo, John Surman.
O som metálico das teclas proporciona um ambiente adequado, etéreo: parece que vogamos no espaço...
Gostei.