05 março, 2009

ESPINHO CRAVADO EM TOLSTOI

"Graças à presunção com que falava, ninguém chegava a saber se o que dizia era muito inteligente ou muito estúpido". Guerra e Paz, Livro I, capítulo 3

Que Tolstoi tenha sido um génio, é qualquer coisa de humano e que a ciência permite compreender. Mas que raio de ciência me consegue explicar como, no século XIX, conseguiu ele prever o congresso do PS em Espinho?

2 comentários:

jose albergaria disse...

Caro JRC,
Creio que a afirmação é de Valery:
"A partir de agora sabemos que as civilizações são mortais".
Se as civilizações são mortais, os partidos, por maioria de razão e porque são mais efémeros (e obsoletos, com a idade) que aquelas - são-no também.
Faça um exercício:-Quantos partidos da primeira República ainda existem, hoje, em Portugal?
Nenhum.
E estamos a falar de um intervalo de tempo que não chega sequer a um século!
O PS há-de morrer, como todos os outros partidos.
O génio de Tolstoi, assim como a obra-prima que é o "Guerra e Paz", esses, são imorredouros!
Não misture, peço-lhe, coisas menos importantes...com a grandeza daquelas que o ocupam a si e de verdade, neste momento.
Com a minha consideração,
José Albergaria

addiragram disse...

A presunção intimida os deprimidos que olham os outros como depositários de todo o "dito"saber.