12 fevereiro, 2009

ESPÍRITO SANTO

Na secção "Frases de ontem", do Público de hoje, encontra-se a seguinte frase:
"Faz sentido que a eutanásia seja discutida sem paixão (...) e sem ser uma arma de arremesso político ou religioso".
À partida não parece ter nada de extraordinário. Mas se pensarmos que o seu autor é alguém chamado Espírito Santo, ainda que tendo Jorge como nome próprio, isto poderá alimentar alguma esperança para o futuro da Teologia.

1 comentário:

jl disse...

Bem observado.
E quando o Espírito Santo assim conclui, não tardará que o porta-voz da Trindade nos sossegue e anime.