28 janeiro, 2009

DIZ QUEM SABE

Iniciou-se já o processo de dissipação da fúria de ontem à noite. Vinha, agora, escrevinhar sobre o filme.
Mas não há mais nada a dizer depois do que aqui é dito. Lauro António, como sempre, apresenta e muito bem.

Sem comentários: