10 janeiro, 2009

DIALÉCTICA HEGELIANA


Portugal evoluiu bastante nos últimos anos. Basta ver as leituras dos portugueses sentados por essas esplanadas fora. Ainda não há muitos anos, o marido lia a Bola e a mulher lia a Caras. Actualmente, quando acaba de ler a Caras, a mulher põe-se a ler a Bola, o marido, depois de ler a Bola, põe-se a ler a Caras.

4 comentários:

addiragram disse...

UAU!´É o que se pode chamar também a comprovação do princípio dos vasos comunicantes!

JCM disse...

Há qualquer coisa de sinistro nesse retrato de Hegel. Ou será mesmo no próprio Hegel? Sinistralidade à parte, não foi ele que disse que a leitura dos matutinos é a oração da manhã do homem moderno? Não é A Bola um matutino?

José Ricardo Costa disse...

De facto, o próprio retrato é, em si mesmo, bastante hegeliano. Provavelmente, terá sido feito depois de ter lido o jornal e, como habitualmente, as notícias não eram as melhores...

JR

Anónimo disse...

Ah! Mas tinha dúvidas, então!

É verdade. Tem-se avançado, e muito, no nosso país em matéria de igualdade de género...

Quer dizer que o JR tem andado distraído?

Claro que não - salvo nessa área!
Ou nem aí?

jl