27 novembro, 2008

MANUEL VALDÉS

Descobri Manuel Valdés no Reina Sofia. Apesar de explorar linguagens diferentes, gosto sobretudo da série em que estabelece um diálogo com outros pintores, inclusivamente clássicos, embora nem todos o sejam, como se pode ver pela sua versão das Demoiselles d' Avignon, de Picasso.
Acho absolutamente espantoso o modo como consegue manter a identidade clássica e formal das suas figuras e, ao mesmo tempo, deformá-las, de maneira a poderem habitar o nosso tempo com a mesma naturalidade e espontaneidade das figuras que nasceram, efectivamente, na pintura do nosso tempo.


Mariana de Áustria, Las Señoritas de Avignon



Rubens como Pretexto, Perfil con Imágenes de Sonia Delaunay- I

Sem comentários: