07 novembro, 2008

MACHISMO GAY

" Posso compreender que haja pessoas com outra tendência sexual, mas porque se sentem orgulhosas?".
Trata-se de uma frase da rainha de Espanha, considerada polémica para muitos. Mas polémica porquê? Se é um ridículo disparate um homem sentir-se orgulhoso por gostar de mulheres ou uma mulher sentir-se orgulhosa por gostar de homens, porque haveremos de achar normal uma pessoa sentir-se orgulhosa por gostar de outras do mesmo sexo?
Só se for por se considerar superior às outras. E, se assim for, merece todo o nosso desprezo.

2 comentários:

Margarida Teodora disse...

O sentido da palavra orgulho, neste contexto, refere-se, creio,simplesmente, ao assumir da sua condição sexual perante os outros; ou seja, ao facto de deixar de ter vergonha e de estar "escondido" por essa razão!
Assumir quem somos de verdade pode constituir motivo de orgulho, ou não?

José Ricardo Costa disse...

Acho que tens parcialmente razão. De facto, haverá muitos casos em que esse orgulho será negativo, ou seja, sentir orgulho por já não sentir medo ou vergonha. Neste sentido, tratar-se-á de um orgulho saudável ao devolver-lhe o prazer de uma identidade sem culpa.

Mas há também muitos casos em que a homossexualidade é vista como uma forma de superioridade de existência e o orgulho acaba por emergir, de facto, num sentido positivo. O homossexual deverá sentir um orgulho que só existe porque é homossexual.

Estava, naturalmente, a referir-me a estes e não aos primeiros.

JR