23 novembro, 2008

A BIBLIOTECA


Adriano Moreira decidiu doar a sua biblioteca a Bragança. Apresentou duas razões para o fazer. Por um lado, quis homenagear Trás os Montes, região de onde é originário. Por outro, apesar de não ser de Bragança, foi a esta cidade que decidiu doá-la devido ao seu pólo universitário, tornando-a assim acessível aos estudantes.

Adriano Moreira é um homem inteligente mas a idade acaba por traí-lo: consegue não perceber que a sua região não quer saber dos seus livros para nada e que os estudantes universitários que deambulam por Bragança mal sabem ler e escrever e olharão sempre para os seus livros, mais do que com fastio e desprezo, com profundo horror.

1 comentário:

jlf disse...

Ó José Ricardo! Acho que faz uma apreciação da louvável atitude do velho prof demasiado redutora!

Imagine que o presidente da Academia de Ciências resolvia de outro modo: doar a sua biblioteca à cidade de Lisboa...

Imaginou bem os acalorados e mais azedos comentários que seriam feitos?