08 outubro, 2008

ANTI-CAPITALISMO PRIMÁRIO


Exceptuando os comunistas e alguns filósofos que são intrinsecamente contra o desmantelamento do estado e contra a economia de mercado pura e dura, as recentes críticas de toda a gente ao capitalismo fazem-me lembrar aquelas pessoas que passaram a andar a pé ou de transportes públicos por causa do preço da gasolina. No fundo, as pessoas querem é andar de carro mas usam a desculpa da ecologia e da saúde para o deixarem na garagem. Mas se o preço da gasolina viesse por aí abaixo, voltariam de novo a usar o carro para andarem 500 metros.

Também há muita gente que, no espaço de 15 dias, se tornou fervorosamente anti-capitalista mas que, no fundo, se soubesse que iria ganhar com isso correria logo a jogar na bolsa, e que inveja fortemente todos aqueles que vivem luxuosamente graças aos seus benefícios.

Sem comentários: